Exmo. Sr.

Vereador Jocelino Tavares

Presidente da Câmara Municipal de

MANDAGUARI  -  PR.-

                                                   O Vereador que abaixo subscreve. Nilton José Boti  com assento nesta Casa de Leis e no uso de seus preceitos regimentais, vem à presença de Vossa Excelência propor Moção de Aplauso ,agradecer e elogiar a presença da Policia Militar, neste ato representada pelos policiais Lucas Vinicius Velasco Lessa, Samuel Correio Bueno e Glauco Antonio dos Santos Michelin, estes integrantes da equipe ROTAM local, onde se fez presente em ocorrência na cidade de Mandaguari, na rua Renê Tácola, próximo a Associação da Prefeitura, na madrugada do dia 26 de Maio do presente ano.

                                                        Os policiais já citados mostraram total profissionalismo e destreza ao atendimento de tal ocorrência, tendo em vista que ao chegarem no local já encontraram a vítima sem sinais vitais, porém em um ato de extrema benevolência fizeram os primeiros socorros e realizaram por cerca de 12 minutos massagem cardíaca à vítima, fato este, segundo enfermeiros do SAMU, crucial para que a vítima fosse reanimada.

                                                           Vale ressaltar que sem os primeiros socorros prestados pelos policiais militares em questão, provavelmente a vítima teria entrado em óbito, devido a falta de circulação sanguínea por tanto tempo.

                                                            Destaco ainda o alto grau de comprometimento dos policiais para com a nossa sociedade, elevando assim o reconhecimento dos habitantes munícipes com a PM local, tendo em vista que estes não mediram esforços para a realização de tais manobras de primeiros socorros.

                                                               Requer, ainda, seja dada ciência aos homenageados, encaminhando-lhes cópia do presente ato, assim como uma cópia ao Tenente Coronel Ênio Soares dos Santos ,do 4º Batalhão de Maringá e para o Tenente João Marcos Dutra da Silva, do Pelotão da Polícia Militar de Mandaguari

pede deferimento.

Mandaguari, 04 de junho de 2018.

                                                                  Nilton José Boti